Exposições

IBS _ EXPOSIÇÕES

As exposições do artista Bruno Segalla tem um papel central no Instituto Bruno Segalla.

São de caráter temporário e são expostas obras de arte de sua autoria, bem como, documentos históricos de sua trajetória política e engajamento social.

As exposições permanecem abertas ao público para apreciação, geralmente, durante dez meses, são acompanhadas pelo mediador da Instituição e o acesso é gratuito.

O Programa Exposições também contempla Mostras e Exposições de curta duração de trabalhos realizados pelos participantes dos projetos propostos pelo Programa Educativo Cultural.

Ao longo de sua história, o IBS realiza exposições da obra de Bruno Segalla.

Em 2011 duas exposições foram marcantes: “Bruno Segalla o Operário da Arte” e “O Ventre e o Leite no Imaginário de Bruno Segalla”, curadoria de Daniela Castilhos Pioner.

Em 2012, a exposição "Bruno Segalla – Monumentos de uma Trajetória”, na sede do museu, com curadoria de Daniela Castilhos Pioner.

Em 2013, "Revelação Contemporânea – Desenhos de Bruno Segalla" foi apresentada à comunidade, sob a curadoria de Valéria Rheis.

Em 2014, a obra de Bruno Segalla ocupou a principal sala pública de exposições de Caxias do Sul, a Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim da Casa de Cultura Percy Vargas de Abreu e Lima. A exposição “Encontros de Bruno Segalla”, contou com a curadoria de Silvana Boone e obras de cinco artistas convidados: Elisa Zattera, Felix Bressan,  Mario Cladera, Mayta Fernanda Pasa e Rogério Baierle.